Maison

Clean up your anxiety [Marie Kondo who?].

Quem me segue por aqui e leu este post, sabe que sofro de ansiedade.
Procuro dia após dia as melhores maneiras de lidar com a ansiedade, com o pânico e com as fobias que, dependendo da fase, me atormentam diariamente.

Praticar yoga, meditar, fazer exercício físico, ler, ter pensamentos mais positivos, focar-me no momento presente … e, frequentemente, arrumar, são algumas das maneiras que encontro para me focar no “Agora”. Não são poucos os dias em que chego a casa, mais em baixo, e me apetece limpar e arrumar tudo de uma ponta à outra. Quem é que seguiu no instagram as minhas sagas de decoração nocturnas? Pois é…

Ter uma casa caótica afunda-nos ainda mais no caos interno em que vivemos (quem tem ansiedade vai perceber do que falo).

Porque é que limpar a casa melhora a ansiedade de algumas pessoas?

Para algumas pessoas, tirar alguns minutos para passar um pano na bancada da cozinha pode ter efeitos calmantes semelhantes aos de meditar.

Manter a casa em ordem e limpa não é apenas uma questão de higiene, tem a ver também com a força de vontade que temos para executar – e finalizar – tarefas em outras áreas das nossas vidas e com o controlo e domínio do nosso ambiente.  A mim faz-me sentir focada, presente e com força para enfrentar etapas. Faz-me sentir produtiva, empenhada e com energia.

Mas como encarar a arrumação?

Para facilitar, aqui vão algumas dicas de organização que te podem ajudar a ganhar motivação:

1) Livra-te de coisas que sabes que nunca mais irás usar!

Pensares: “pode ser que um dia precise”, é uma armadilha para a desarrumação. Quanto menos coisas tens, mais fácil fica a manutenção da organização e mais “limpo” fica o ambiente, em todos os sentidos. Uma casa com poucos objetos é muito mais receptiva e harmoniosa. Portanto, se não usas algo há mais de 6 meses, está rasgado, remendado ou já não te serve, deita fora ou doa.

2) Mantém os armários e as gavetas sempre arrumados

Não é porque os armários e gavetas ficam fechados que podem estar desarrumados. Quando deixas tudo organizado, economizas tempo e dinheiro. Economizas tempo porque, quando está tudo desorganizado, não consegues encontrar facilmente os itens que precisas no teu dia a dia e demoras muito mais tempo para te vestires, por exemplo. E economizas dinheiro, por exemplo, em alimentos. Quando tudo está organizado mesmo na cozinha, tu consegues ver melhor o que tens e não deixas estragar nada consumindo de uma forma muito mais consciente.

3) Sê realista

Planeia metas diárias que podem ser realizadas aos poucos e sem muito esforço. Compromete-te a realizar pelo menos essas pequenas tarefas diariamente, como: lavar a louça, fazer a cama e dobrar a roupa. Deste modo, vais perceber que, após alguns dias a fazer fielmente essas mesmas tarefas, elas vão-se tornar um hábito e passarão a ser feitas com muito mais naturalidade.

4) Sai da inércia

A inércia é um dos grandes fatores que nos levam a procrastinar. Quanto menos fazes, menos queres fazer. Não esperes que acumule, e resolve agora essas tarefas simples e que podem ser feitas facilmente de momento para que depois não fiques horas a limpar e a arrumar. Eliminando as tarefas básicas numa fase inicial, a arrumação completa da casa será muito mais rápida, porque o ambiente não estará um caos.

5) Monta um cronograma de organização e deixa-o num local visível

Lembrando, novamente, que as metas precisam de ser realistas e que tu precisas de te comprometer para que tudo funcione. Neste cronograma, organiza as tarefas em categorias:

Diariamente: Lavar a louça, fazer a cama, deitar o lixo fora, passear o cão, deixar a casa de banho limpa…

Uma vez por semana: Fazer máquinas de roupa, aspirar e lavar o chão, lavar as casas de banho e trocar as toalhas, limpar o pó, lavar e limpar a cozinha e arrumar tudo o que está por arrumar de uma forma geral… » Tendo em conta que todos os dias arrumas pequenas coisas e não deixas acumular desorganização.

Mensalmente: Organizar e limpar os armários e a dispensa, limpar vidros e janelas, limpar o frigorífico… » Não faças tudo no mesmo dia, define dias diferentes para cada atividade.

Semestralmente: Lavar cortinas, fazer reparos necessários em casa… » A regra anterior vale também aqui, não deixes tudo para o mesmo dia.

E nunca te esqueças

A organização do ambiente em que te inseres influencia diretamente o teu equilíbrio emocional, a tua energia e motivação.

Aproveita e vê o meu último vídeo no canal onde fiz uma organização completa ao meu closet e onde ainda deixei algumas dicas de organização para os vossos armários. Inspira-te!

Post a Comment