Maison

como comunicar para o meu público

#meuqueridocliente – Como comunicar para o nosso público.

Hoje em dia muito se fala sobre criar uma comunidade como sendo o poder das conexões com as marcas. Na verdade, o importante é mesmo primeiro criar-se uma comunidade para depois conseguirmos vender com sucesso produtos. E os profissionais sabem-no. E se não o sabem, precisam de saber a importância de criar, gerir e monitorizar com sucesso a sua comunidade.

Mas não é qualquer pessoa criar uma comunidade. No fundo, estamos a falar de juntar um grupo de pessoas, com um grupo específico de interesses às quais queremos mostrar que devem seguir-nos, que devem dar-nos tempo de antena e, até mesmo no futuro, dar-nos o seu dinheiro em troca de algo. É algo importante!

E como é que o vamos fazer? De forma mais construir uma comunidade e falar corretamente para ela?

.

➡️ Conheçam muito bem o vosso público-alvo

Como? Sabendo os seus interesses e as suas “dores”. As pessoas vão ouvir-te porque tu lhe vais “resolver” um problema. Seja físico, moral, espiritual you name it. Conhecendo muito bem o teu público-alvo vais saber como ele gosta de ser tratado, o que procura ver, como procura ver e deste modo será muito mais fácil impactá-lo. O conteúdo tem de estar de acordo. Isso abrange idade, linguagem utilizada e mesmo as imagens utilizadas. Vale a pena analisar as estatísticas de tudo o que fazes para conseguires ires acompanhando os resultados.

.

➡️ Não tentem agradar a todos

Quem tenta falar para toda a gente não consegue falar para ninguém. Isto aplica-se a profissionais mas principalmente a marcas e negócios. Por mais apetecível que seja quereres comunicar para toda a gente foca-te apenas num nicho. O nicho para o qual sabes comunicar bem e para o qual irás conseguir oferecer uma melhor oferta. Quereres abranger um público dos 8 ao 80 vai trazer confusão e trazer-te alguns dissabores. Foca-te no que consegues fazer bem e fá-lo com distinção. Há espaço para todos.
.

➡️ Criem uma persona

Isso irá ajudar-vos na hora de definirem bem os vossos clientes. Uma persona é a representação fictícia do cliente ideal de um negócio. Esta é baseada em dados reais sobre o comportamento e as características demográficas dos clientes, assim como as suas histórias pessoais, motivações, objetivos, desafios e preocupações. Façam-nos é para além de tudo bastante divertido.

.

➡️ Usem as funcionalidades dos Stories

Para conhecerem melhor quem vos segue recorram às funcionalidades que existem atualmente ao criar um story como perguntas, sondagens, questionários, etc… Vai ser engraçado e útil analisar todos os resultados das sondagens e responder às perguntas. Esta ligação é muito importante para se criarem laços com a comunidade.
.

➡️O histórico dos vossos seguidores também diz muito sobre eles

Anotem as suas questões, as suas compras, as suas cores preferidas, o dia do aniversário, as fotos em que fazem mais likes… Assim, vão saber como lhes tocar ao coração no futuro. Fazia tanto isto quando trabalha em lojas. Hoje esta técnica de marketing e vendas pode ser feita de uma forma muito mais intuitiva do que na altura em que tínhamos as fichas de cliente. O objetivo é o mesmo: criar laços e direcionar as vendas de uma forma mais controlada e assertiva.
.

➡️ Saber funcionar minimamente com as redes sociais.

Hoje em dia estar online é mesmo muito importante para o crescimento de uma marca. É a forma mais fácil, directa e barata de impactar as pessoas que desejas impactar. Por isso, ter o mínimo de domínio das redes sociais é ultra necessário. Caso não tenham essa característica de momento, sintam-se curiosios@s o suficiente para partirem à descoberta.
.
Agora, mãos à obra! Vamos lá comunicar com o vosso público-alvo de forma acertada!
Dúvidas? Deixem nos comentários 👇

Post a Comment